terça-feira, 27 de maio de 2014

AUTISMO - PARTE 1

Prezados amigos das Letras e das Artes,

Em 2012, lancei mais um livro de literatura infantojuvenil, intitulado: "Quem ama, nunca desiste!",  Uma abordagem que envolve a temática Autismo. Um tema relevante que precisa ser discutido, também, numa proposta INCLUSIVA.
O livro aborda alguns conceitos, dificuldades encontradas para o atendimento e  possibilidades do trabalho com crianças autistas, por familiares, amigos e profissionais.
QUEM AMA,NUNCA DESISTE!, é um livro escrito de forma simples, porém, com informações significativas. Foi ilustrado por Sonya Mello.

Abaixo apresento outras considerações sobre a temática em destaque, que poderão auxiliar interessados no assunto.


AUTISMO

Por: Bruno V.Borowsky

No início, sou um embrião como outro qualquer.
Sou dependente quando lactente, porém posso ser um pouco diferente dos demais.
Meu desenvolvimento apresenta alterações na infância, com sorte, recebo um diagnóstico nesta fase.
Na adolescência, sou como outro qualquer de minha idade, porém chamo a atenção pelas atitudes diferenciadas e inesperadas.
Quando adulto, normalmente, sou privado de demonstrar minhas capacidades.
E quando chego a idade avançada, sou um idoso totalmente negligenciado.
Mas apesar de tudo, continuo sendo o mesmo ser humano.

                                                            (Extaído site: http://www.autismo.com.br/)

Ultimamente, muito se tem falado a respeito da inclusão de portadores de necessidades educativas especiais, principalmente nos espaços educativos formais.
Hoje, optei por escrever algo sobre um tipo de síndrome ainda pouco conhecida: o AUTISMO.

Autismo é um transtorno neuropsiquiátrico que afeta o indivíduo em três áreas: interação social, comunicação e imaginação.
Algumas crianças com autismo quando crescem podem desenvolver suas habilidades sociais, porém, de forma bastante diferenciada. Outros, continuam vivendo no mundo da indiferença, alguns se comportam como se as outras pessoas não existissem e, geralmente, os autistas rejeitam o contato físico, não costumam dar respostas às pessoas que se dirigem  a eles mesmo que os chamem pelo nome. Seus rostos, não costumam demonstrar muitas reações, exceto quando nervosos, agitados ou aborrecidos. Há outros que demonstram interagir com outras pessoas, porém, sempre distantes e desinteressados em relação a tudo o que ocorre ao redor.
Existem  variações quanto ao grau do espectro autístico e os sintomas podem estar presentes desde o nascimento ou aparecer por volta dos 3/4 anos de idade.
Se tratados, os autistas podem passar da rejeição ao contato até o estabelecimento de contato espontâneo (particular e ainda ingênuo); e a comunicação que, inicialmente é quase nula, passa a ser mais limitada, adaptada ou até mesmo chegar a um nível mais desenvolvido.

Aproveito para sugerir alguns filmes relacionados ao autismo:
1- Mentes que brilham
2- Meu filho, meu mundo
3- Meu nome é rádio
4- Rain Man

Boas leituras também sobre o autismo, entre elas:
1- Dibs: em busca de si mesmo (Virgínia Axeline)
2- Essas crianças que não aprendem(Jean Marie Dolle)
3- Mundo da criança com autismo (Bryna Siegel)
4- Autismo e Inclusão: Psicopedagogia e Práticas Educacionais na Escola(Eugênio Cunha)

Alguns links para pesquisa:
http://www.autismo.com.br/
http://www.autismoinfantil.com.br/
http://www.ama.org.br/
http://www.autismo.org.br/
http://www.revistaautismo.com.br/

Até breve!


raquelcorreiaescritora.blogspot.com/

LIVROS

Prezados amigos das Letras e das Artes,

As obras de Literatura Infantil "Um Sapinho Muito Curioso" e "Quem ama, nunca desiste!" podem ser adquiridas  diretamente com a autora ou com a ilustradora, através dos emails:

(R$ 20,00 + despesas com o envio)
Sinopse
Um sapinho esperto e curioso que aprende uma linda lição e para fazer jus ao seu nome, retribui, sempre com muita alegria, as informações que recebe.
Uma obra que incentiva a reflexão sobre descobertas e aprendizagens da vida.
 
 

(R$ 30,00 + despesas com o envio)
SINOPSE
Apresenta a vida de uma família que possui a missão de cuidar de uma criança autista.
Realça o papel do amor que não desiste de lutar por melhores condições de atendimento para crianças autistas.
 
Até breve!
raquelcorreiaescritora.blogspot.com/

sexta-feira, 23 de maio de 2014

POESIA: "OLHE PARA A FLOR"

Prezados amigos das Letras e das Artes,

Abaixo, mais uma poesia INÉDITA.

Ao reproduzi-la, favor citar autoria e fonte.



  OLHE PARA A FLOR
(Raquel Mara Lopes Correia)
 

 Mundo atribulado
Correria
Consumismo
Corrida pela sobrevivência...
Stress
Doenças
Fome
Miséria
Dor...
Pare um pouco
Olhe para a flor.
Contas a pagar
Sonhos a realizar
Noites sem dormir
Dias a chorar
Momentos para perseguir
Soluções a encontrar
Alvos a alcançar...
Pare um pouco
Olhe para a flor
Ônibus lotado
Trem abarrotado
Metrô sem solução
Tráfego complicado
Estradas engarrafadas
Calor ou frio demais...
Pare um pouco
Olhe para a flor
Se cansado andas
Doente estás... A luta não acabou...
Pare um pouco... olhe a flor!
A simplicidade da flor
É o exemplo da diferença
Da solução e recompensa
Da graça imensurável do amor
Doado por Deus aos homens.
Olhe os lírios do campo... não tecem nem fiam...
Olhe a ternura externada
Procure encontrar nela a vida:
Significado do amor de Deus!
Lírios lindos e perfumados
Sempre bem aprumados
Sem correr ou sucumbir
No tempo certo a florir
Recebem do Céu todo o cuidado:
Água, sol; chuva, vento, sombra, também!
Se deles Deus cuida com imenso amor...
Muito mais a criatura do criador!
Dependa de Deus!
Olhe a flor
Sinta o amor
Renove o ânimo
Receba a Bênção,
A Paz e a
Unção
  Em sua vida,
Em seu coração!


Até breve!
raquelcorreiaescritora
 

terça-feira, 13 de maio de 2014

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS


CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Autora: Raquel Mara Lopes Correia
 
 
Contar histórias é realizar sonhos, permitir o voo da imaginação que é presente no ser humano desde a infância. Muitas vezes é um ato que passa de uma geração  para a outra, e, assim, ao longo dos tempos, vai dando continuidade às ações de encantar, emocionar e criar...
A voz do contador de histórias e às ações representadas pelos atores levam para crianças e adultos uma rica experiência com diferentes aprendizagens.
 
Neste caminho vou escrevendo, ilustrando, cantando e contando histórias... Quase sempre conto as histórias criadas pela minha imaginação, mas algumas vezes, apresento histórias de outros autores.
 
Para  contratar um momento de contação de histórias ou uma palestra abordando tema educativo, é fácil:
envie email para:
 
 
Informando:
Idade do público-alvo
Quantidade de participantes
Espaço
Quantas sessões de história.
 
 
VALORES
Os valores variam de acordo com a quantidade de sessões e o número do público.
 
 
REPERTÓRIO DE HISTÓRIAS
 


As histórias contadas são, em sua maioria, de minha própria autoria. Com classificações etária, temática e escolar. Além dessas histórias, conto outras e faço adaptações acordo com as temáticas em foco e/ou necessidades das  escolas.


 
1- Um Sapinho Muito Curioso
Técnica: uso de fantoches e músicas
 
2- Guitarrinha e Guitarrão: os melhores amigos da Imaginação
Técnica: Uso do ritmo e sonoridade em prosa e verso com a participação da plateia
 
3- O Elefante Grandão e a Formiguinha Fininha
Técnica: Representação com diferentes formas e objetos aliada a encenação musical
 
4- Mamãe me ensinou
Técnica: Painéis ilustrativos e incentivação musical
 
5- O Burrinho verde (adaptação)
Técnica: Flanelógrafo e incentivo musical
 
6- Quero ser aviador!
Técnica: ilustrações
 
 
7- O carregador de compras
Técnica: diversificada
 
Confira abaixo  alguns momentos de contação de histórias e palestras, realizados em diferentes eventos:
Foto: Raquel Mara com a sua mala dos sonhos convidando as crianças a embarcarem.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



 
 
 
 
 
 
 


sábado, 10 de maio de 2014

O que é Mãe?

Prezados amigos das Letras e das Artes,

Levantei cedo para escrever e, de repente, a menininha de meus olhos, minha linda princesa, fez questão de fazer-me uma surpresa, lendo um belo poema. Minutos depois foi a vez do menino de meus olhos, meu lindo príncipe, lendo o mesmo poema...Nas mãos um coração e um acróstico cheio de adjetivos, com as letras de meu nome, nos olhos o brilho da admiração, nos lábios um beijo doce, nos braços um abraço apertado, gestos de amor, profundo amor...
O lindo poema,  passo a reproduzir:


O QUE É MÃE?
 
Mãe? O que é mãe?
Pessoa doce?
Tão doce
que faz passar vergonha
Doce de batata-doce?
 
Mãe? O que é mãe?
Tão doce
Que se parte
Quando parte,
Melhor seria
Se não fosse.
 
Mãe? O que é mãe?
Luz muito clara,
Tão clara
Que nos aclara
E, afagando nos ampara?
 
Mãe? O que é mãe
Tão doce? Tão severa
Se a gente erra!
E que empurra
Se tudo emperra.
Mãe severa?
Mãe doce?
Ou mãe fera?
 
Nesse teu dia
Te dou jasmim,
Te dou gladíolos,
Te dou beijim,
Assim assado,
Assim, assim.
 
 
(CAPARELLI, Sergio. 101 poemas para crianças.
 Porto Alegre: L&PM, 2014, p.47)
 
 
Com carinho,
 para todos os leitores deste blog,
raquelcorreiaescritora



QUERO SER... MÃE

Prezados amigos das Letras e das Artes,

Escrevi um poema sobre SER MÃE e passo a compartilhá-lo com todos:


 SER MÃE         
 
lindas-flores-10
 
Queria ser Mãe...
... que entende e acompanha as mudanças do filho.
Queria ser Mãe...
... que, de forma carinhosa e amável, orienta e disciplina o filho para a vida.
Queria ser Mãe...
... que nunca estivesse ausente nos momentos de conquistas ou perda dos filhos.
Queria ser Mãe...
... que de modo sensível e positivo mantivesse a harmonia do lar.
 
Então, procurei um bom exemplo para seguir.
 
E logo percebi nos passos de minha Mãe a fórmula desse SER.
 
Porque,
Deus me deu uma Mãe...
...com sensibilidade.
Deus me deu uma Mãe...
...com punhos fortes para me carregar nas dificuldades.
Deus me deu uma Mãe...
...com olhos de águia, para olhar mais adiante do que eu.
Deus me deu uma Mãe...
...como uma âncora que retém meus passos nos ímpetos delírios.
Deus me deu uma Mãe...
...com exemplo, postura e ações que falam alto.
Deus me deu uma Mãe...
...com simplicidade e beleza.
Deus me deu uma Mãe...
...com jeito meigo,
...com honestidade, humildade e coragem inabaláveis!
Deus me deu uma Mãe...
...com sabedoria e fé tão marcantes que me encorajam a prosseguir.
 
Quero ser Mãe...
...como minha mãe!
Que seguindo os passos de Cristo...
...ensinou-me...
... a ser o que sou;
...ensinou-me...
...o caminho a trilhar.
 
Minha Mãe...
...confiou nas promessas e não rejeitou a cruz...
...de joelhos e em silêncio...
...orou por mim.
Mesmo com lágrimas nos olhos,
nunca desistiu...
E com muita coragem,
ensinou-me...
a AMAR!
 
 
 Flores Lindas
A todas as mães,
UM FELIZ DIA!!
 
 
 
Com carinho,
raquelcorreiaescritora
 
 


quinta-feira, 8 de maio de 2014

POESIA - HOMENAGEM PARA AS MÃES

Prezados amigos das Letras e das Artes,

Aqui está uma poesia com sentimento de criança...
Uma homenagem para cada mamãe que  está conectada neste blog.

SE EU FOSSE GRANDE
(Myrtes Mathias)

MAMÃE, SE EU FOSSE GRANDE
IRIA À GRANDE FLORESTA,
ONDE AS FADAS FAZEM FESTA
E PEDIRIA À RAINHA QUE ME FIZESSE UM  PRESENTE
PARA FAZER VOCÊ CONTENTE
TODA VIDA, MAMÃEZINHA.

MAMÃE, SE EU FOSSE GRANDE
E GANHASSE MUITO DINHEIRO,
COMPRARIA O MUNDO INTEIRO
PARA LHE OFERECER.
MAS SOU TÃO PEQUENININHA...
SÓ POSSO DAR INTEIRINHO
MEU CORAÇÃO PRA VOCÊ.

AGRADEÇO A PAPAI DO CÉU
TUDO O QUE É BOM NO MUNDO:
AS AREIAS DA PRAIA,
AS FLORES DO JARDIM.
AGRADEÇO MAIS UMA VEZ
PORQUE A MELHOR MÃE QUE ELE FEZ
DEU INTEIRINHA PARA MIM.






Com meu carinho, para todas as mães.

FELIZ DIA DAS MÃES!!

Até breve!!

raquelcorreiaescritora.blogspot.com/